Interesse Político x Big Brother: Realidade ou Mito?

Todo ano de eleição é a mesma coisa: uns interessados em discutir política (alguns discutem até mais fervorosamente) e outros desinteressados, claro, como qualquer outro assunto. Mas é muito comum encontrar quem aproveite esta situação para criticar o povo brasileiro, seu interesse e consciência política.

Vou deixar minha opinião pessoal de lado neste post, mas fiquei com uma pequena vontade de encontrar embasamento para essa crença popular, seja para creditá-la ou não. Para isso, manterei a simplicidade e utilizarei apenas o Google Trends.
Não vou nem brincar com R, prometo! 🙂

Decidi não especificar nenhum período de tempo já que a ideia é analisar “o todo”, além de que o Google Trends me permitiria utilizar apenas um termo juntamente com o período (uma de suas limitações, BTW). Analisar o todo por quê, Rayssa? Porque nunca podemos considerar apenas uma parcela de dados em uma análise, sempre precisamos de grupos de controle para termos um baseline de comparação. Nem vou entrar em questões como correlação, randomização de amostras, blá blá blá, tá? Necessidade zero.

Estes foram os termos utilizados na pesquisa:

“Eleições Brasil”, “Luiz Inácio Lula da Silva”, “José Serra”, “Dilma Rousseff”, “Big Brother”.

eleicoes_brasil

Os candidatos eleitos possuem muito mais buscas do que todos os outros candidatos.
PORÉM o termo “Big Brother” têm mais buscas do que todos os candidatos com exceção do eleito.

Ficou bem fácil de tirar uma conclusão a partir disso, não? Mas calma, vamos simplificar mais essa análise. Trocarei o termo “Big Brother” por “BBB”, mais comumente utilizado nas redes sociais pelo que pude notar (sim, é necessário estudar o cenário dos seus dados!):

“Eleições Brasil”, “Luiz Inácio Lula da Silva”, “José Serra”, “Dilma Rousseff”, “BBB”.

“Bom, é só um teste… não vai mudar muita coisa, só por desencargo de consciência. Afinal, já pude tirar algumas conclusões”, pensou esta pobre estudante que vos escreve:

eleicoes_brasil2

Acho que facilitou um pouquinho nossa conclusão, não?
Os resultados obtidos nessa rápida e simples pesquisa demonstram que essa tal crença popular tem, pelo menos, algum fundo de verdade. Eu poderia estender esse post e acrescentar comparações com novelas e seriados, afinal, parto do princípio que todos possuem o mesmo “nível intelectual” (uh!) tanto julgado pela galera, mas vamos deixar para a próxima!

…MENTIRA, IÊ IÉ! 

eleicoes_brasil3

Pois bem, o desinteresse político de nosso povo pode até estar ligado ao #BBB, mas não é única e exclusivamente a razão de tudo, muitos outros programas de nossa televisão podem ser comparados em testes similares.

Qual sua conclusão, meu caro?
Interesse Político x Big Brother: Realidade ou Mito?

 

6 comentários sobre “Interesse Político x Big Brother: Realidade ou Mito?

  1. Essa menina me enche de orgulho!
    Falando sério, em minha humilde opinião, o fato de alguém se interessar mais pelo “entretenimento” (QUASE QUE HIPNOTISMO) do que pelas questões de seu país, se dá por muitos fatores dos quais eu destaco dois.
    Um deles, descrédito e o outro chamaria de inacessibilidade, por que esqueci a palavra certa.
    Descrédito, pela ilusão de fugir da realidade social (cotidiana) que tem causado insatisfação.
    Porém, não é uma insatisfação tããão grande a ponto de nos levar ao questionamento, não.
    Somos muito longânimos. Pacientes.
    Tanto a indústria do entretenimento quanto o governo sabem disso, e se esbaldam.
    Uma prova disso foi a “revolução dos 20 centavos” (QUE NÃO DEU EM MUITA COISA E JÁ ESQUECEMOS, SOMOS LONGÂNIMOS.)
    Inacessibilidade de informação, talvez?
    Inacessibilidade de conhecimento, cultura?
    Uns preferem chamar isso de “burrice”, mas eu acredito que todos nós, “longânimos”, temos um pouco dos dois.
    Os que “acordam” em meio a esse “sono profundo” escrevem, falam, reclamam, protestam, mas são poucos. E esse pouco na maioria das vezes, perde as forças por ser questionado justamente pelos que passam pelo mesmo. Difícil isso!
    Amei o texto Ray!

    • Então, Pam, acho que é uma questão mais complexa do que tudo isso.
      Isso é algo cultural do nosso país, um problema que começou lá da colonização.
      Mas a televisão, sempre culpada por muitos problemas, na verdade sempre teve o propósito de tirar a atenção das pessoas para os problemas atuais.
      O problema é a maioria da população se contentar apenas com informações da TV, isso sim.
      Já para o governo é muito mais interessante continuar investindo no entretenimento do que qualquer outra coisa, assim a sociedade peca no conhecimento e se torna muito mais manipulável e omissa.
      E foi assim que caímos em uma das questões do post: ao invés de discutirmos entretenimento x consciência política, o pessoal perde horas discutindo Big Brother x Novelas, Big Brother x Seriados, etc, sendo que são todos a mesma “categoria de problema”, a intenção das pessoas é julgar o “nível intelectual” através dessas discussões hipócritas. Triste realidade.

  2. Gostei da sua análise e da forma como a abordou.

    E se essa mesa análise fosse feita baseada em dados do FB ou do twitter ? Os níveis seriam mantidos ou aumentaria a discrepância entre os termos ? Qual sua opinião ?

    Concordo com a Pamela em seus comentários.

    • Infelizmente o Twitter e Facebook não fornecem acesso público às suas bases de dados históricas! 🙁
      Para fazer essa análise, teríamos que conectar na API de Streaming do Twitter durante alguns bons meses para coletar dados suficientes e então obtermos alguma conclusão.
      Já o Facebook é bem chato com relação as publicações dos users.

      O Google Trends analisa o todo da internet no final das contas através da contagem das buscas realizadas, o que também incluem dados de redes sociais de certa forma.
      Gostei da sua sugestão! Se tiver tempo para brincar, constrói o robozinho do Twitter e se divirta analisando!

      Se tivesse que apostar, certamente diria que a discrepância seria mais significativa.
      Principalmente se você fizer análise de sentimento e classificar de acordo com o “grau de entusiasmo” de cada postagem para comparar Entretenimento x Interesse Político!

  3. Sua analise esta muito equivocada. BBB é um termo sui-generis em varios outros paises e do seu espaco amostral, posso garantir tranquilamente que pelo menos 30% do trending de BBB nao é do Big Brother.

    Outra sugestaao é usar um operador lógico – OR ‘Dilma Roussef” OR ‘Dilma’ e o mesmo vale para o Lula, pois voce esta ignorando completamente estes termos.

    Eu nunca digitei Dilma Roussef e Luis Inacio Lula da Silva em pesquisa.

    Abs.

    • Olá, Jose! Tudo bem?
      No Google Trends há a opção de limitar a sua pesquisa por região, como foi o caso quando realizei a pesquisa delimitando o Brasil.
      Quanto à sua segunda sugestão, acho muito válida! Vale lembrar que não fiz nenhuma análise profunda acerca do assunto, até porque para isso precisaria entrar em questões sociais (não só abordar, mas pesquisar referências) e apresentar dados quantitativos precisos para iniciar qualquer discussão.
      É importante também nunca assumir um equívoco alheio apenas por não se enquadrar no público definido na pesquisa.
      Obrigada pelas sugestões, Jose, vou me atentar nas próximas abordagens! 😀
      Abraços!

Deixe uma resposta